Novos hábitos da quarentena

A quarentena deve deixar algumas marcas na sua rotina que podem ir desde a sensação de estar pelado quando não usar máscara até a descoberta de novos passatempos.

ALEATORIEDADE: O TEMPERO DOS ESPORTES

A quarentena deve deixar algumas marcas na sua rotina que podem ir desde a sensação de estar pelado quando não usar máscara até a descoberta de novos passatempos.

Com todos os esportes e competições suspensas por meses, a minha alternativa de passatempo foi uma corrida de bolinha de gude, ou “marble race”, como é conhecido mundialmente e também como optei por chamar para não parecer tão infantil.

O “esporte” consiste numa corrida de bolinhas de gude em uma pista, como você pode ver em seguida nas duas imagens abaixo, que são autoexplicativas e dão uma ideia da engenhosidade do jogo.

Figura 1. Marble Rally 2019
Fonte: Jelle’s Marble Runs

Figura 2. Marbula One
Fonte: Jelle’s Marble Runs

Não me orgulho muito desse gosto momentâneo adquirido na quarentena, mas confesso que consegui entender claramente algo que até ver esse tipo de corrida não compreendia.

aleatoriedade tem papel fundamental no esporte e oferece aos espectadores a emoção do improvável acontecendo.

Nenhum esporte está livre desse “tempero extra”, nem deveria estar.

É ela que permitiu que Petkovic fizesse no último minuto de jogo o gol de falta no Maracanã em 2001 e desse o título carioca ao Flamengo.

Ela também teve o seu papel na vitória do Corinthians por um gol contra o Chelsea pelo Mundial de Clubes de 2012.

Claro que nos dois casos existia, sim, um excelente cobrador de falta, no caso do Flamengo, e um excelente técnico, no caso do Corinthians, mas não podemos deixar de incluir o acaso em ambas as situações.

Perceba que existe uma junção entre técnica e aleatoriedade que na medida certa fazem as disputas emocionantes.

Por outro lado, o desbalanceamento entre as duas pode resultar em uma disputa monótona.

Os imprevistos são ingredientes que estão presentes, mas não são os únicos nem os predominantes.

Na cozinha esse tempero é o sal, que está presente e não é notado a não ser que alguém o tenha esquecido ou exagerado na mão.

Na coquetelaria esse “condimento” é o gelo, que exerce papel fundamental na construção de uma bebida saborosa, mas nunca vai ouvir um único elogio a respeito da sua contribuição para o drink.

Nos investimentos acredito que um bom paralelo seria a diversificação de ativos.

De nada adianta você abrir seu home broker e sair comprando todas as ações da Bolsa, todos os fundos de investimentos e todos os títulos de renda fixa.

Fazer isso é como esperar que um macaco batendo no teclado consiga escrever um clássico literário.

O mundo cripto não foge muito disso. O excesso de diversificação só vai fazer você perder a cabeça ao ter que acompanhar milhares de projetos.

A diversificação precisa acompanhar suas decisões de investimento, mas o exagero mata a sua carteira.

Por isso sempre é bom escolher curadores de projetos nos quais você confie, para eles poderem apontar aquilo que é legítimo e aquilo que é fraude.

E, cá entre nós, tem muita fraude por aí.

No Empiricus Crypto Legacy temos o papel de curadoria e selecionamos aqueles projetos que acreditamos ter alguma tese de longo prazo.

Da mesma forma, mostramos aqueles que são fraudes descaradas, para proteger o seu dinheiro.

É um produto completo para quem quer iniciar no mundo cripto com o pé direito. 

Forte abraço,
André Franco

Inscreva-se em nossa newsletter