De grão em grão

As bolsas seguem muito sensíveis às negociações comerciais entre EUA e China, mas hoje as sinalizações são favoráveis. Durante a madrugada, o Ministério de Comércio chinês comunicou que vem mantendo contato próximo com o governo americano para discutir detalhes do acordo comercial e que autoridades dos dois países retomarão oficialmente essas negociações em outubro, em Washington. Um dia esquenta, no outro esfria, mas de grão em grão o Ibovespa vai se aproximando dos 105 mil pontos.