Foco nos 110 mil pontos

.

Manhã de otimismo nas bolsas internacionais em meio a relatos de que Estados Unidos e China estariam mais próximos de fechar um acordo comercial. Além disso, saiu mais um dado melhor do que o esperado da economia chinesa. Esse exterior favorável é tudo o que a Bolsa precisa hoje para galgar novos recordes. Mais cedo, foi divulgado o dado de produção industrial de outubro, que avançou 0,8% na margem, a terceira alta seguida.