Mais essa para o Fed

Os desdobramentos dos ataques a instalações petrolíferas na Arábia Saudita continuam no foco nesta terça-feira e as principais bolsas exibem perdas, ainda que moderadas. Diante da alta de mais de 15% das cotações do Brent ontem, o presidente Jair Bolsonaro disse que a Petrobras não reajustará preços a princípio. No âmbito global, os ataques geram dúvidas sobre se o Federal Reserve voltará a cortar juros na reunião de política monetária que tem início hoje e termina amanhã.