Um tango triste

As bolsas internacionais sobem nesta manhã, ainda ecoando o aparente avanço nas negociações entre EUA e China. Conforme relatos recentes, as duas potências estariam perto de finalizar a “fase 1” do acordo comercial. Por aqui, há o efeito negativo para emergentes da vitória do partido peronista na eleição na Argentina. De qualquer forma, o presidente eleito Alberto Fernández adotou um discurso conciliador, assim como sua vice, Cristina Kirchner, enquanto Macri prometeu uma transição suave.